Programar em PHP: como começar?

Para começar a programar em PHP, primeiro abra seu editor de texto ou IDE favorito e analise a tabela de comparação entre os melhores IDEs para PHP e os melhores IDEs para PHP, ambos em inglês. Uma boa saída são os plugins de desenvolvimento Aptana e PHP, mas você pode usar o que quiser.

Um grande fato é que programar em PHP, ou seja, saber fazer condições e loops, apenas com acesso à internet, tudo é possível (não estou exagerando).

Peculiaridades da linguagem

PHP tem muitas peculiaridades, então mesmo que você não entenda tudo até agora, acho que é hora de cobrir as principais. Em breve tudo ficará claro. promessa.

Programar em PHP é brincar com HTML, então sempre que queremos escrever código, precisamos dizer isso colocando-o entre as tags:

PHP é uma linguagem de programação orientada a objetos fracamente tipada.

Isso significa que não precisamos declarar o tipo das variáveis, elas carregam o tipo do valor atribuído a elas em um determinado momento.

Além disso, quando você deseja programar em PHP, toda variável deve começar com um sinal $:

Programar em 3…

Para programar com PHP, você deve ter o PHP instalado e configurado em sua máquina.

Existem inúmeras maneiras de preparar tudo, e tentei ensinar usando as melhores práticas imediatamente.

Mas não tem jeito, para quem está aprendendo do zero, é melhor baixar e instalar o XAMPP.

Este lhe dará uma estrutura completa para simular um servidor em sua própria máquina, é fácil de instalar e usar.

Se tiver alguma dificuldade o google vai te ajudar, me encontre.

2…

Mesmo este é o segundo passo: aprenda a pesquisar tudo no Google.

A comunidade PHP é enorme, existem muitas pessoas em todo o mundo que têm o mesmo problema que você, e você precisa tirar proveito disso.

O terceiro passo eu já mencionei: entender como funcionam as estruturas de controle do PHP.

De fato, essas construções são essenciais quando aprendemos qualquer nova linguagem, pois com elas mostraremos um código mais consistente com a própria linguagem.

Isso se chama sintaxe, e se você acha que programar nunca mais precisará ouvir sintaxe, lamento dizer que há mais do que isso.

É hora do show vamos Programar!

O PHP está intimamente relacionado com a gambiarra, mas o fato mais importante é que a linguagem é muito democrática e aberta.

Sua sintaxe absorve vários pontos de outras linguagens, o que parece facilitar a curva de aprendizado para programadores interessados ​​nela.

Então, meu conselho para você agora é que você tente escrever um código mais complexo. Alguns algoritmos de ordenação serão suficientes.

Parabéns! Você conhece o básico do PHP.

Agora vamos separar o joio do trigo: aprenda a orientação a objetos em PHP.

Bom, você já sabe o suficiente para ficar rico com aquele seu projeto bacana. É isso, gente!

Fica e vai ter bolo!
Claro que há mais. sempre há.

Se este não é seu primeiro contato com uma linguagem de programação, você deve ter percebido que sempre há algo novo para aprender.

Eu sei que parece estranho, mas baseado nos meus mais de 5 anos de experiência em programação PHP, não nego que esta é uma linguagem que nasceu e se formou na gambiarra.

Você também pode abraçar qualquer oportunidade PHP que aparecer no seu caminho.

Sintaxe simples, baixa curva de aprendizado e a capacidade de construir qualquer coisa na internet nos dá a liberdade de fazer o castelo de cartas mais tortuoso.

Isso é bom e ruim. É por isso que convido você a ler meu artigo sobre código limpo.

Nele falo um pouco sobre como tornar nosso código mais legível.

Agora que abordamos brevemente como colocamos as mãos no PHP, que tal um projeto que aplique tudo o que discutimos lá e o que aprendemos aqui?