Client-side e server-side: O que é?

No artigo de hoje, veremos a diferença entre linguagens do lado do Client-side e server-side, uma dúvida muito comum para iniciantes quando encontram esse termo em um site/blog.

Existem duas linguagens desenvolvidas para a Internet, linguagens do lado do cliente e linguagens do lado do servidor. Você pode encontrar outros termos usados ​​por desenvolvedores, como front-end para se referir a uma linguagem do lado do cliente e back-end para se referir a uma linguagem do lado do servidor, ambos são a mesma coisa.

Mas usaremos a terminologia mais comum entre os desenvolvedores para seu melhor entendimento, usaremos o lado do cliente e o lado do servidor.

Client-side

Uma linguagem do lado do cliente é uma linguagem que apenas seu navegador entende. Não é o servidor que lida com esta linguagem, é o seu navegador (Chrome, IE, Firefox, etc.). Significa “cliente”, um aplicativo executado no computador do usuário para executar uma tarefa específica sem processamento de seu servidor (ou host).

Basicamente, quando falamos de aplicativos do lado do cliente na web, estamos falando de JavaScript e AJAX (Javascript e XML assíncrono).

Existem vantagens e desvantagens ao utilizar o JavaScript e AJAX.

A principal vantagem é que você pode economizar largura de banda e fornecer aos usuários uma resposta de aplicativo mais rápida porque não há processamento externo.

Outra vantagem de usar o AJAX agora é o apelo visual e a capacidade de resposta do aplicativo. O que o AJAX faz é um processamento externo (lado do servidor) que parece ser interno (lado do cliente). O usuário não percebe que há um novo carregamento de página porque ele obtém as informações do servidor e as exibe rapidamente em um local específico da página via JavaScript.

A principal desvantagem do JavaScript atualmente é que os usuários podem desativá-lo no navegador. Se seu aplicativo depende inteiramente de JavaScript, ele simplesmente não funcionará.

Server-side

A linguagem do lado do servidor é a linguagem que o SERVIDOR (lado do servidor) pode entender, ou seja, a aplicação em execução no servidor. Isso significa que você escreverá o código, o servidor o processará e enviará a resposta ao seu navegador.

Por exemplo: se criarmos um script em uma linguagem de backend (PHP, Asp, Java, Ruby, etc.) que apenas calcula a soma de 1 + 1, então será o servidor (ou backend) que computará esse resultado.

Se usarmos alguma linguagem de front-end, como JavaScript para fazer esse cálculo, o navegador do usuário calculará a conta. Daí o termo cliente (ou front-end).

Os profissionais que trabalham em interfaces de usuário são chamados de desenvolvedores front-end, enquanto as pessoas que fazem o trabalho principal de um aplicativo, fazendo programação que apenas os servidores podem entender, são chamadas de desenvolvedores back-end.

Exemplos de linguagens

Essas linguagens são linguagens client-side:

HTML
CSS
JavaScript
AJAX

Essas são linguagens server-side:

PHP
ASP
Java
Ruby
Python

Workers é atendido no lado do servidor ou no lado Client-side?

Os workers são funções JavaScript sem servidor que são provisionadas sob demanda e configuradas na rede de borda que a Cloudflare usa para cache de CDN entre clientes e servidores de origem. Isso permite que os desenvolvedores criem back-ends sem servidor que atendem clientes, embora possam chegar ao dispositivo, o mais próximo possível do dispositivo e o mais próximo possível do cliente, o aplicativo responde e faz com que o servidor atenda ao usuário.

Espero que a explicação de suas diferenças seja clara, se você ainda tiver dúvidas, tente aprender mais sobre o tema, envie-nos suas dúvidas, críticas ou sugestões, comente abaixo e faça uma boa pesquisa.