Back-end: Como começar em web back-end do zero?

Ao trabalhar na área técnica, existem vários caminhos possíveis. Mesmo em todas as partes do mundo da tecnologia, você ainda pode encontrar muitas opções. Também é diferente para quem quer trabalhar no desenvolvimento de back-end, afinal existem diferentes linguagens de programação, frameworks e bibliotecas usadas para construir sites nos bastidores.

Mesmo que algumas escolhas precisem ser feitas, existem algumas etapas iniciais que são essenciais para quem está iniciando sua jornada como desenvolvedor de back-end. apenas olhando:

Antes de mais nada: aprenda lógica de programação

Você sabia que a lógica de programação é essencial para qualquer desenvolvedor? Eu vejo! Esse conhecimento o ajudará a entender o significado por trás do sistema e a “comunicar” com ele para garantir os resultados desejados.

Na verdade, essa base é útil para aprender qualquer idioma, entender qualquer framework e sistema que você usará. Portanto, vale a pena começar sua carreira como desenvolvedor de back-end aqui.

Por que aprender web back-end?

Toda casa precisa de fiação, certo? Portanto, todo site precisa de um desenvolvedor de back-end. Com isso, você já pode saber a importância dessa área para a programação.

Você pode atuar como analista de projetos, por exemplo, entrevistando pessoas que precisam de uma solução para entender quais são os requisitos reais da aplicação. Você gosta de escrever? Você pode trabalhar nas áreas de documentação e testes para avaliar e testar aplicativos e serviços. Agora, você realmente gosta de programação? Em seguida, você processará o banco de dados, lerá os dados enviados pelo usuário e analisará os erros. Ah, você vai lidar com a segurança do aplicativo, ou seja, você vai ser uma pessoa muito importante.

Como aprender back-end do zero?

Se você se perder nessa questão, não se preocupe. Vou lhe dar algumas orientações para ajudá-lo a se tornar um desenvolvedor de back-end. Lembrando que é passo a passo, certo?

Passo 1: Saiba como o site funciona. Pesquise na internet, webinars, cursos. Este passo é bastante básico, mas irá poupar-lhe o próximo passo.

Etapa 2: Aprenda os conceitos básicos do design front-end. Aprenda HTML e CSS. Esta etapa irá guiá-lo através dos conceitos básicos de programação.

Etapa 3: Aprenda sobre variáveis, condições e loops.

Etapa 4: Nesta etapa, você saberá o que faz o mundo da programação funcionar. Então é hora de focar em linguagens específicas e noções básicas de back-end.
Existem tecnologias backend para a web como: PHP, Ruby on Rails, Node.js, Python, etc. E existem linguagens focadas em soluções de desktop, programas e sistemas de computador conhecidos: C, C#, C++, Java.

E quais são esses conceitos?

Alguns conceitos que envolvem o mundo de backend e programação precisam estar na ponta da língua. Venha conhecer os principais:

Servidor: Também conhecido como cliente. Um software ou computador com um sistema de computação centralizado é chamado de servidor. DNS, proxy, FTP são alguns exemplos de servidores conhecidos. É importante entender a maioria deles se você quiser usar back-ends.

Banco de dados: Um banco de dados também é conhecido como banco de dados. É o cérebro que faz um site vivo. É como uma biblioteca cheia de informações. Você sabe quando ir a um blog e procurar por “desenvolvedor”? A base de dados é responsável e responsável por tirar suas buscas, encontrar os dados e mostrar o que você procura. Se seu plano é se tornar um desenvolvedor backend, saiba que você precisa conhecer MySQL, MongoDB e Postgresql, além de alguns dos principais SGBDs.

API: Não é nada além de uma interface que permite que dois sistemas se comuniquem. As APIs conectam software, aplicativos, bancos de dados e serviços, substituindo a necessidade de programação mais complexa.

Escalabilidade: À medida que a tecnologia continua a mudar, precisamos de uma estrutura de aplicativo flexível para acomodar novos códigos e mais tráfego. Temos escalabilidade.

Segurança: Esta parte é uma das principais preocupações. Os desenvolvedores de back-end precisam prestar atenção às práticas de segurança para evitar ataques. Os formulários de login e outras autenticações são tratados por meio de HTTPS protegido? Os dados são criptografados? Sempre mantenha esse estilo de pergunta em mente.

Depois de seguir todas essas dicas, você já terá dado os primeiros passos para o futuro do seu back-end. Você não deve parar por aí, é importante sempre aprender.

Mas, você gosta do back-end?